Comportamento do consumidor na era digital: como afeta seu mercado?

Notou como o comportamento do consumidor está mudando? O comércio eletrônico tem crescido de maneira expressiva, e há alguns anos o Brasil tem se mostrado cada vez mais conectado. Segundo a Ebit, empresa que acompanha a evolução do varejo digital no País, em 2017 o faturamento cresceu 8%, o volume de pedidos aumentou 5% e a quantidade e-consumidores rompeu a barreira dos 55 milhões.

Fechar os olhos para essa realidade com certeza não é a melhor opção.

Comportamento do consumidor na era digital: como afeta seu mercado?

 

Comportamento do consumidor revela tendência

Os costumes e hábitos de compra estão cada dia mais virtuais, e o brasileiro já se sente muito mais adaptado à tecnologia. Além do acesso à internet estar mais barato e facilitado, atualmente existe uma maior sensação de segurança por parte do consumidor.

Com todas as possibilidades que o meio digital trouxe, ficou mais fácil oferecer os produtos para um público maior, o que encurtou as distâncias e permitiu um grande crescimento de vendas. Motivos para investir em Marketing Digital não faltam.

Fonte: Webshoppers – Ebit

De acordo com projeções feitas pelo instituto de pesquisa Forrester, em estudo solicitado pelo Google para analisar o mercado de e-commerce no Brasil, até o ano de 2021 o e-commerce vai dobrar sua participação no varejo brasileiro e crescer em média 12,4% ao ano.

Se você ainda tem dúvidas sobre o rápido avanço dos e-commerces, aí vão mais alguns números, no mínimo, intrigantes:

  • O comércio eletrônico cresceu, em média, 25% nos últimos 5 anos, enquanto as lojas físicas cresceram apenas 2,5%.
  • Segundo o site da revista Forbes, hoje, metade dos brasileiros entre 16 e 35 anos tem um smartphone. Até 2019 devem ser todos eles, totalizando 197 milhões de aparelhos.
  • 15% das vendas em e-commerce no País são feitas nesses dispositivos.
  • As compras virtuais devem crescer 130% no Brasil até 2018, mesmo que as estimativas de crescimento mais otimistas do PIB (nas quais o comércio tradicional se encaixa) sejam de apenas 0,5%.
  • Mesmo em anos de crise, o e-commerce cresceu 8% e projeta crescimento de 12% para 2017.

Incorpore o comportamento do consumidor a sua estratégia de marketing

Você deve ter notado que o percentual de crescimento do e-commerce no Brasil é muito maior que o do comércio tradicional. Então se você ainda não construiu uma presença digital para a sua marca, está mais do que na hora de começar a trabalhar com marketing digital. Mesmo que você terceirize serviços ou abra franquias, é preciso ter um canal onde o seu cliente consiga enxergar uma continuação do seu negócio.

É por isso que sua empresa precisa ter multicanais de comunicação, abrindo os olhos para uma tendência conhecida por omnichannel. Trata-se de uma estratégia que permite ao consumidor realizar sua compra a partir de qualquer dispositivo, com a mesma experiência. O objetivo é acompanhar o comportamento do consumidor que interage pelo site, aplicativo, redes sociais ou até mesmo nos canais físicos (se existirem), numa experiência única e de qualidade.

Uma vez que o consumidor tem tudo na palma da mão, podendo comparar marcas, produtos e preços, é preciso planejar sua estratégia digital para melhorar a exposição da sua marca. Ao rejeitar esta estratégia de negócio, você estará não somente limitando o seu crescimento, mas também arriscando todo o trabalho já feito.

Um exemplo claro de como a era digital pode decidir os rumos de um negócio, é a falecida Kodak. A empresa que já foi responsável por vender 90% do filme utilizado nos Estados Unidos, sucumbiu à revolução digital que deixou seus produtos obsoletos.

Direcionar seus investimentos apenas para o mercado tradicional é o mesmo que ignorar os mais de 116 milhões de pessoas conectadas à internet, somente no Brasil. Então se você está decidido a conversar com mais da metade da população brasileira, dê o próximo passo.

  • Share post