Glossário de Comércio Eletrônico

Para empreender é preciso sempre aprender. Com as mudanças constantes no marketing, alguns termos podem gerar diferentes interpretações. Reunimos os principais termos e apresentamos a você no nosso Glossário de Comércio Eletrônico/E-commerce. Acesse e veja se conhece todos as palavras que movimentam a mercado das lojas virtuais.

Advertiser – Anunciante.

Advertising – Propaganda.

AdWords – Plataforma do Google onde são feitos anúncios pagos a serem mostrados nos resultados de busca.

After Sales – O pós-venda; processo em que a empresa acompanha e fornece suporte ao consumidor após a compra.

AIDA – “Awareness, Inform the customer, Direct benefit, Action”; processo de conquista da atenção do consumidor, despertando interesse no mesmo para que ele realize certa compra.

Alt Text – Alternative Text; texto usado para descrever uma imagem, auxiliando a ferramenta de pesquisa a entender a busca e oferecer o resultado correto.

Automação de Marketing – Ações de marketing parcial ou totalmente realizadas por ferramentas específicas, com o objetivo de aumentar os resultados.

Autoridade de Página – Importância de determinada página no algoritmo do Google. Variáveis como a qualidade do link building são levadas em conta na hora de alcançar uma boa autoridade.

ASO – App Store Optimization; otimiza os resultados de pesquisas em lojas de aplicativos.

B2B – Business to business (de empresa a empresa); entidades que atuam no ramo de vendas somente para empresas.

B2C – Business to consumer (da empresa ao consumidor); entidades que vendem diretamente ao cliente.

Benchmarking – Comparação entre resultados próprios ou de um concorrente para analisar quais práticas devem ser mantidas ou abolidas, visando um melhor resultado.

Black Hat – Práticas antiéticas de SEO para melhor posicionar sites nos resultados do Google.

Boom – Momento de disparo quanto à procura ou interesse.

Brainstorm – Ação coletiva de busca de soluções criativas e elaborações de ideias.

Brand – Marca ou nome.

Brand Equity – Momento em que é agregado tanto valor ao produto que a marca se torna sinônimo do mesmo.

Brand Image – Valores e posicionamentos da marca perante o mercado; imagem.

Break-even-point – Limite em que um serviço pode ser mantido para não gerar prejuízos. Permite trabalhar sem lucros ou perdas durante situações emergenciais.

Briefing – Instruções em série organizadas para orientar a produção de certa atividade.

Budget – Verba destinada para certo serviço.

CAC – Custo de Aquisição de Cliente; fornece quanto a empresa gastou para conquistar um novo cliente, sendo uma métrica válida para Inbound e Outbound.

Canonical Tag – Transfere a autoridade para uma página quando outra também possui um conteúdo semelhante ao seu.

Case – Relato de uma experiência de sucesso, buscando exemplificar para o cliente a eficácia de certas técnicas.

CEO – Chief Executive Officer; presidente executivo ou diretor-geral da empresa, estando abaixo apenas do proprietário ou presidente da companhia.

Chairman – Presidente do conselho administrativo da empresa.

CMO – Chief Marketing Officer; diretor de marketing da companhia.

CMS – Content Management System; sistema que gerencia conteúdo visando facilitar a produção de conteúdos web, como WordPress.

Conversão – Resultado gerado graças ao CTA; ou seja, o usuário realizou a ação desejada (compra, curtida, visualização, download etc.).

Co-branding – Associação entre marcas para agregar valor dentro de um mercado onde, sozinhas, seriam pequenas potências.

Cold Call“Ligação fria”; ligação direcionada a indivíduos que ainda não possuíam contato prévio com a empresa, produto ou serviço; tenta vender a quem não demonstrou nenhum sinal de interesse antes do contato.

Cold Mail – “E-mail frio”; possui a mesma métrica que as Cold Calls, porém a ação é realizada via e-mail e apresenta-se um processo mais direto e rápido.

Cookies – Arquivos inseridos no navegador sempre que o usuário acessa a página, podendo armazenar informações como idioma, IP e país — facilitando, assim, a identificação do mesmo em um futuro acesso.

Core Business – Núcleo de atuação da empresa; “coração do negócio”.

CPA – Custo por Ação; custo por ação específica do usuário, como um clique de venda.

CPC – Custo por Clique; valor a ser pago por clique em determinado anúncio.

CPL – Custo por Lead; valor gasto para adquirir um lead.

CR – Conversion Rate (Taxa de Conversão); número de pessoas que completam uma ação desejada dentro do seu site, como o preenchimento de um formulário.

CRM – Customer Relationship Management (Gestão de Relacionamento com o Cliente); tem como objetivo manter uma boa relação entre empresas e clientes através de softwares para gerenciar diferentes atividades, contatos e informações.

CSS – Cascading Style Sheets; estilização de páginas através de cores, fontes, layouts etc.

CTA – Call-To-Action (Chamada para Ação); induzir ou sugerir uma ação ao consumidor. Ex.: clicar em botões e links ou baixar arquivos para mais informações.

CTR – Click Through Rate; mede o número de usuários que migram de uma página a outra do site.

Display do Google – Rede de sites onde são exibidos anúncios do Google AdWords.

Domínio – Endereço principal do site.

Display do Google – Rede de sites onde são exibidos anúncios do Google AdWords.

E-book – Livros ou manuais eletrônicos que podem ser acessados em qualquer plataforma digital. Ficam disponíveis para download com a intenção de fornecer informações mais completas.

Edge Rank – Algoritmo do Facebook que avalia a relevância das postagens.

Endomarketing – Marketing interno que objetiva motivar a produtividade e o bem-estar de seus funcionários.

Erro 404 – Página de erro quando o servidor não encontra o endereço solicitado.

Fee – Valor dos honorários fixos, estipulado entre agência e cliente.

Feedback – Retorno sobre determinada prática após sua análise, podendo apresentar novas sugestões do que deve ou não ser feito.

Floor Pricing – Preço mínimo; visa atrair clientes que procuram por valores baixos.

Follow-up – Acompanhar as ações de marketing que estão sendo realizadas.

Freelancer – Profissional que presta serviço sem vínculo contratual; realiza trabalhos esporádicos.

Funil de Vendas – Processo pelo qual o consumidor passará até realizar uma conversão. Dividido em 3 etapas:

  • ToFu (Top of Funnel): ações, materiais ou campanhas que funcionam como porta de entrada para a futura conversão.
  • MoFu (Middle of Funnel): conteúdo mais abrangente que busca deixar o “lead” mais inteirado sobre o tema em questão.
  • BoFu (Bottom of Funnel): materiais finais que vão convencer ou não o “lead” a consumir seu produto ou serviço.

GA – Google Analytics; ferramenta do Google que dispõe várias estatísticas sobre o tráfego do site.

Google Hummingbird, Panda e Penguin – Algoritmos do Google constantemente atualizados para melhorar resultados de busca e indexação das páginas, onde:

  • Google Hummingbird: raqueia páginas através de sinônimos, localização, pesquisas prévias e contextos.
  • Google Panda: analisa a qualidade dos conteúdos, penalizando páginas que estão apenas interessadas no clique.
  • Google Penguin: prioriza o link building e inibe práticas de black hat.

Gross Rating Point – Audiência total de uma campanha ou anúncio.

Growth Hacking – Técnica focada exclusivamente em acelerar o crescimento através da aquisição de clientes.

Guest Post – Conteúdo produzido por convidado.

Hard Bounce – Falha no envio de e-mails por motivos permanentes. Ex.: endereço inexistente.

Heading Tags – Tags que apresentam títulos e subtítulos das páginas, tendo a H1 maior importância — já que é um dos principais itens analisados pelo crawler do Google.

Heavy Users – Consumidores fiéis; aqueles que realizam uso constante de determinado produto e/ou serviço.

Hiperlink – Conteúdo que leva a outro conteúdo ou página, podendo aparecer em formato de texto, imagem, objeto etc.

Holding – Companhia que apresenta grande parte de seu capital formado pelas ações de outra empresa.

HTML – HyperText Markup Language; linguagem usada por programadores para construir páginas web.

Inbound Marketing – Mecanismo inicial de Marketing Digital que busca atrair o cliente à empresa ou ao produto. Ex.: mídias sociais, blogs e sites.

Inbound Sales – Processo de venda realizado de dentro da empresa — sem deslocamento físico — através de certo canal de atendimento, como telefone, e-mail, WhatsApp etc.

Key Account – Conta-chave; cliente-chave; quem recebe atenção especial durante certa ação por ser prioritário.

Key Prospects – Clientes com grandes chances de se tornarem efetivos.

Keyword – Palavra-chave que identifica o assunto principal do texto, usado em estratégias SEO para melhorar o ranqueamento de resultados.

Know-how – Traduzindo, “saber como”; usado para designar um grupo de conhecimentos específicos sobre determinada área ou assunto.

KPI – Key Performance Indicators; métricas usadas para medir o progresso de ações digitais, analisando a efetividade das mesmas para alcançar o objetivo em questão.

Landing Page – Página de aterrissagem vinculada a certa ação de marketing, visando uma compra ou curtida, por exemplo.

Leads – Usuários que demonstram interesse em sua empresa, serviço ou produto de modo geral, normalmente motivados a realizarem uma conversão.

Lead Scoring – Pontuação dos leads que determina a importância ou a qualidade dos mesmos; define quais são qualificados ou não.

Light User – Oposto ao Heavy User, faz uso esporádico de certo produto ou serviço; mesmo sendo “menos presente”, não deve ficar fora das estratégias.

Link Building – Prática que visa conquistar links que aterrissam em sua página. Os melhores resultados vêm de processos naturais e relevantes.

Links Patrocinados – Anúncios pagos a serem veiculados nos mecanismos de busca ou em redes sociais, tendo sua relevância baseada nas palavras-chave utilizadas.

Long Tail Keyword – Grande número de termos e expressões vinculados com o intuito de melhorar o ranqueamento de buscas daquele material.

LTV – Lifetime Value; valor referente ao tempo do cliente gasto com a empresa.

Mailing List – Lista de e-mails conquistada normalmente através da captação de leads.

Market Growth Rate – Taxa de crescimento do mercado por ano.

Market Share – Grau de participação de uma entidade em certo segmento ou mercado; ilustra a força da empresa em um contexto específico.

Meta-Description – Descrição básica sobre o site exibida na ferramenta de busca.

Micromarketing – Estratégias de marketing traçadas para atingir público bem segmentado ou amostras específicas do mercado.

Mobile – Nome atribuído aos dispositivos móveis no mundo do marketing digital.

MRR – Monthly Recurring Revenue; valor que a agência ou empresa recebe do cliente mensalmente.

No follow – Parâmetro que indica às ferramentas de busca quais links não rastrear.

Nutrição de Leads – Envio de conteúdos aos leads para otimizá-los nas próximas etapas da venda.

Off-Page – Elementos externos ao site que influenciam no posicionamento.

On-Page – Elementos presentes no site que influenciam nos resultados.

Opt-in – Autorização via formulário para receber informações por e-mail, permitindo contato do site através dessa mídia.

Opt-in Duplo – Autorização para o envio de mensagens a uma lista de e-mails.

Overall Cost Leadership – Distribuição dos custos de produção, visando mantê-los baixos para liderar certo segmento.

Outbound Marketing – Sobrepõe-se ao Inbound Marketing; utiliza práticas de marketing tradicional, como comerciais de TV e rádio, podendo também usar ferramentas digitais como links patrocinados e cold e-mails.

Pagamento Social – Oferta oferecida a usuários que realizam postagens em redes sociais com o intuito de divulgar a marca. Ex.: cupons de desconto.

Page Title – Título da página; elemento mais caro ao SEO, já que funciona como um dos itens mais importantes para as ferramentas de busca analisarem na hora da busca.

Pagerank – Escala construída pelo Google que mede a autoridade de um site, baseada em estrutura, pageviews, links, rejeições e conteúdos.

Plataforma de E-commerce – Sistema que permite criar e gerenciar a loja virtual. A plataforma de comércio eletrônico permite gerenciar estoque, pedidos, pagamentos, relatórios e todos funcionamento do e-commerce.

A Luz Própria é certificada VTEX e parceira da Xtech Commerce e Bring Commerce. 

Press Release – Material distribuído a empresas. Tem como objetivo conquistar autoridade nas mídias em que ainda não está inserido.

Prospect – Consumidor prospectado que pode se tornar seu cliente.

Publisher – Quem gerencia ou publica anúncios.

PV – Page View; visualizações de determinada página.

Reach – Cobertura ou alcance de certa ação de marketing.

Redirect 301 – Redirecionamento que realiza a transferência da autoridade da página redirecionada à página destino.

Retargeting/Remarketing – Disparo de anúncios através do uso de cookies; realizado após o acesso em determinado site, sendo feito em outras páginas com o intuito de impactar o público.

Revenue Share – Conceito usado por quem publica suas campanhas através de terceiros; acordo que estipula a porcentagem de ganho entre a página que publicou o anúncio e o anunciante.

ROI – Return on Investment; retorno de capital sobre a verba investida.

Sampling – Amostras de produtos, serviços ou conteúdos distribuídos para realizar testes de aprovação ou conquistar novos clientes.

SaaS – A tradução de SaaS (Software as a Service) é Software como serviço. Você paga pelo aluguel. A maioria das plataformas de comércio eletrônico tem esse modelo de cobrança, algumas além do aluguel cobram comissão.

Segmentação de Leads – Divisão de leads realizada por critérios, possibilitando o uso de diferentes técnicas para alcançar várias formas de lead.

SEO – Search Engine Optmization; otimiza os resultados nas ferramentas de busca, melhorando o posicionamento de determinada página nas pesquisas do Google.

SERP – Search Engine Results Page; termo usado para páginas de resultado em mecanismos de busca.

Sitemap – Mapa com todas as páginas do site em questão.

Social Proof – Transmissão da opinião do público para agregar credibilidade.

Soft Bounce – Falha temporária na entrega de e-mail em decorrência à caixa de entrada cheia.

Squeeze Page – Landing page especializada em captar e-mails.

Staff – Equipe de apoio responsável por um projeto.

Switchers – Indivíduos que consomem frequentemente um produto mesmo não sendo fiéis a marca nenhuma.

SWOT – Ferramenta utilizada na etapa de planejamento estratégico de determinado negócio, buscando encontrar:

  • Strengths (Forças): vantagens da empresa sobre seus concorrentes.
  • Weaknesses (Fraquezas): desvantagens perante a concorrência.
  • Opportunities (Oportunidades): oportunidades competitivas entre empresas.
  • Threats (Ameaças): ameaças externas e internas que podem comprometer a entidade no futuro.

Target – Alvo de determinada ação de marketing, podendo ser um grupo de pessoas, metas ou objetivos.

Testes A/B – Testes que avaliam duas estratégias diferentes, determinando qual a melhor opção a ser mantida.

Top of Mind – Serviço, produto ou marca sempre presente na mente das pessoas.

Tráfego Orgânico – Proveniente de buscas realizadas em mecanismos de busca, dispensando o uso de links patrocinados ou anúncios; prova a eficácia de suas palavras-chave.

Visitante Único – Usuário identificado por cookies; permite analisar quantas pessoas acessaram o site.

Webinar – Vídeo disponibilizado ao público de maneira paga ou gratuita, como palestras e videoaulas.

Web Analytics – Coleta de dados de navegação com o objetivo de entender o comportamento dos usuários.

Whitepaper – Guia para resolver determinado problema de maneira concisa, auxiliando na superação de alguma dificuldade.

  • Share post