A importância de construir e manter uma presença digital

Sua empresa está no ambiente digital? Se a resposta é não, pode ser essa a hora de repensar algumas estratégias. No primeiro semestre de 2017, segundo a Revista Exame, houve um aumento de 26% nas compras pela internet comparado ao mesmo período de 2016, e pela primeira vez na história a previsão é que as compras por e-commerce superem as de shoppings no Natal de 2017. Esses dados não deixam dúvidas sobre a representatividade da presença digital em um negócio.

Ainda falando em vendas pela internet, uma pesquisa nacional de varejo on-line feita pelo Sebrae, identificou que 15% dos empresários entrevistados trabalham somente com e-commerce, enquanto 13% trabalham no ambiente físico e digital. Sendo que 12% dos pesquisados pretendem abrir um comércio eletrônico nos próximos anos.

Além desses dados, que demonstram o potencial da internet para vendas, também devemos direcionar nossa atenção para a questão estratégica. De nada adianta ter uma página na internet, se não existe planejamento de comunicação para conversar com todos os clientes e potenciais consumidores. Não basta existir na internet; é necessário gerar resultados reais.

Como criar uma presença digital que gere resultados?

Uma presença digital, para ser efetiva e render resultados sólidos, deve seguir um posicionamento alinhado com o perfil do público e dos serviços da empresa. Outro fator é ter relevância: sua marca na internet oferece o que ao público? Não pode ser apenas o produto que está à venda.

A concorrência é enorme e, para ter destaque, você precisa oferecer algo que vá além das expectativas do cliente. Os esforços devem ser direcionados à construção de um relacionamento feito com conteúdo relevante que faça a diferença e desperte um interesse crescente na vida do público. Com isso, a compra acontecerá como consequência desse processo e as chances de conquistar um cliente fiel são bem maiores.

Como fazer sua empresa sobreviver na internet?

A Ebit, presente no mercado brasileiro desde 2000, acompanha a evolução do mercado digital no País. Trata-se de um sistema que classifica o comércio eletrônico a partir da compra do produto, avaliação e reputação de cada loja on-line.

De acordo com o estudo Webshoppers 2017, da Ebit, houve um crescimento de mais de 35% nas vendas feitas por dispositivos móveis, o que mostra uma tendência. Um relatório produzido pela Conferência das Nações Unidas sobre o comércio e desenvolvimento afirma que o Brasil é o quarto país que mais acessa a internet.

Todas essas informações são valiosas para quem tem a intenção de firmar uma presença digital efetiva. Afinal, conhecer o comportamento do consumidor poderá ajudá-lo a se aproximar cada vez mais dele, e é exatamente isso que o marketing digital faz – estratégias e ferramentas aplicadas com foco na performance.

Para sobreviver na internet é fundamental estar de olho no que o marketing digital apresenta de mais novo e saber aproveitar o melhor para o seu negócio.

Também é importante estar atento às armadilhas que são conhecidas como verdades absolutas no marketing digital. Para ajudar você, criamos um e-book completo sobre os mitos e boas práticas do marketing digital.

  • Share post