--> Compra Coletiva: a ordem é segmentar - Luz Própria Blog | Blog Luz Própria

Compra Coletiva: a ordem é segmentar

Os sites de compra coletiva iniciaram-se no Brasil com o Peixe Urbano e hoje já apresenta grande adesão dos consumidores. O modelo diferenciado para comprar e vender que já é uma tendência, justifica-se pelo de fato de estar trazendo benefícios tanto para quem compra, quanto para quem vende.

Embora não pareça, esta forma inovadora de comércio eletrônico pode ser muito bem relacionada com o nome do site pioneiro em nosso país. Apenas um pouco de criatividade basta para entender a comparação entre compra coletiva e peixe. A compra individual, mais comum e conhecida, é equivalente ao trabalho de um pescador à margem do mar: assim como ele fisga peixes, vendedores negociam com consumidores, de maneira eficiente. No entanto, não ocorre de um modo tão rápido e em grande escala.

A necessidade do pescador em obter maiores resultados o obrigou a ir além e, assim, difundir-se no oceano. Foi preciso inovação. Do mesmo, o comércio eletrônico aspirou por conquistar novos meios para atingir seus objetivos, dois deles ditos anteriormente: negociação rápida e abundante. E num planeta no qual cerca de dois bilhões de habitantes têm acesso à internet, ela mais do que qualquer coisa é o “alto-mar” para as compras e vendas.

A compra coletiva é sucesso para quem vende e, do mesmo modo, para quem compra. Consumidores têm a oportunidade de encontrar produtos atrativos com descontos expressivos, pois o agrupamento de diversas pessoas em uma compra acaba rendendo baixa nos preços.

Num mercado tão promissor como as compras coletivas já era de se esperar a enorme concorrência. É necessário mais inovação: a compra coletiva segmentada. A idéia é comercializar num site produtos de uma única categoria ou que atendam a determinado tipo de público.

Por ser específico, esse tipo de compra coletiva tem uma resposta pouco mais lenta, pois é mais difícil fisgar clientes que se encaixem no público alvo do site. Contudo, a especificação retribui de maneira enorme, pois a correspondência de quem compra é muito maior, quem consome nesse ramo da compra coletiva apresenta grandes chances de se tornar o dito “freguês fiel” do site que o atende.

Recentemente foram lançados sites de compras coletivas altamente segmentados, como os que têm como destaque pet shops, mercado rural, hoteleiro e até de cursos online. As opções são as mais variadas possíveis e o que cria o diferencial é o foco em uma base de usuários altamente segmentada e ofertas focadas nos interesses dessa base. Essa é a tendência que se desenha no cenário atual. (Trecho de Alberto Valle, retirado de Blog do Curso de E-Commerce)”

Novamente para obter melhores resultados surgiu o diferencial. A nova forma de compra coletiva segmentada pode ser explicada a partir de um exemplo, o recente Clube Webfilhos em São Paulo, que deve entrar no ar ainda em Fevereiro, é voltado inteiramente para a família. Tem em comum a outros sites de compra coletiva a venda de produtos atrativos com descontos expressivos, contudo, é mais eficiente a quem compra. Pois, por ser específico, oferece maior quantidade de produtos que realmente interessam a seus clientes em relação ao básico que um site de compra coletiva comum pode ofertar.

villas in miami beachbinary trading strategyBinary option risk free trade24option scam

  • Share post

Por Redação Luz Própria

A redação Luz Própria é formado pelas áreas de performance, planejamento, SEO e desenvolvimento.
Todos colaboram para que você tenha um conteúdo especializado e útil.