15 anos de criação de ecommerce
com foco em performance
ENTRE EM CONTATO
VTEX PCI Certified VTEX PCI Certified

Criação de E-commerce

Temos um programa de desenvolvimento de e-commerce que se associa a um cronograma de consultorias e treinamentos. O foco é colocar no ar um projeto 100% alinhado às suas necessidades e dar a você a expertise necessária para tomar as decisões certas.

Não importa o porte do seu negócio ou se você está ou não vendendo na internet.

Na Luz Própria, a tecnologia, treinamento e consultoria são personalizados.

POR QUE CRIAR SEU E-COMMERCE COM A LUZ PRÓPRIA

Oferecemos um ecommerce bem estruturado e preparado para o crescimento.
Como uma casa que está sempre pronta para evoluir e receber novos convidados.



Desde 2005

Mais de 15 anos de experiência em desenvolvimento de e-commerces.

Consultoria e Treinamento

Projeto personalizado e cronograma de consultoria.

Performance

Desenvolvimento focado em venda

Plataformas

Somos certificados Vtex, Tray, entre outras plataformas.

CASES DE E-COMMERCE

PLATAFORMAS

Contato



Mais conteúdos sobre Ecommerce

Glossário de E-commerce

포토샵 유료 다운로드
다운로드 북천십이로 피파15 한글패치 다운로드 샤이닝포스 다운로드

Por que criar um ecommerce?

Quem são os consumidores em sua loja física? Imagine vender para todas as pessoas que buscam por seus produtos/serviços no Brasil inteiro e até no mundo. Com um ecommerce você consegue ampliar seu mercado consumidor e vender mais, na internet.

O comportamento de consumo está mudando. Os consumidores estão cada vez mais conectados às facilidades de compra que o ambiente on-line oferece, e isso impulsiona o crescimento do comércio eletrônico. O meio é democrático, abrindo espaço para grandes lojas de departamentos, pequenas empresas e até microempreendedores.

Enquanto algumas empresas multiplicam suas vendas pela internet, outras ainda apresentam resistência para entrar no ambiente on-line. Mas esse cenário deve mudar aos poucos, já que o e-commerce cresce em ritmo mais acelerado que o varejo tradicional, apresentando melhores resultados. Por isso, as empresas que querem investir na ampliação do mercado devem começar a aproveitar os benefícios das vendas on-line em pouco tempo.

Além da tendência que o comportamento do consumidor está revelando e dos dados de crescimento progressivo do ecommerce, existem outras vantagens que explicam o potencial dessa modalidade de vendas.

Aumentar as vendas: a loja online permite que você atue em um mercado muito maior do que o alcançado por uma loja física. Apenas em 2017, foram 55 milhões de e-consumidores e as expectativas são otimistas para os próximos anos. Além disso, houve um aumento do tíquete médio — que está em torno de 429 reais.

Além de ser fundamental para a rentabilidade do negócio, a criação de um ecommerce contribui também com o conhecimento da marca, que consegue ir além dos limites da cidade e região atendidas pela loja física. Outro ponto que merece destaque é a possibilidade de coletar dados e conhecer melhor o comportamento do consumidor que compra em sua loja.

Ecommerce 24 horas: em uma loja física, quanto custaria mantê-la em funcionamento 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano? No ecommerce, você não tem custos a mais para manter esse sistema. O e-commerce é uma loja pronta para receber compradores a qualquer momento. Suas vitrines são abertas para o comprador explorar, conhecer seus produtos, suas opções de pagamento e valores de frete. Na internet, você pode vender durante a madrugada, pela manhã, tarde, noite, fins de semana e feriados. Sua loja está ativa o tempo todo, assim como os consumidores.

Entrega em casa: a comodidade é uma das características mais valorizadas por quem faz compras na internet. Poder comparar preços, modelos e escolher exatamente o que precisa sem ter que sair de casa e, ainda, receber o produto na sua porta é muito melhor do que rodar pela cidade, procurar uma vaga para estacionar, passar de loja em loja e gastar muito mais tempo para fechar uma compra.

O consumidor vai levar em consideração as facilidades proporcionadas pelo e-commerce e isso influenciará em sua decisão de compra.

Custos reduzidos: o investimento para criar ecommerce é menor do que o exigido para montar e manter uma empresa física. Isso acontece pois, no varejo tradicional, o empresário precisa investir em uma infraestrutura preparada para receber os compradores, armazenar estoque e, ainda, precisa contar com uma equipe de funcionários. Tudo isso implica em custos que, muitas vezes, são inviáveis para microempreendedores que querem entrar no mercado.

Já em um ecommerce, você pode abrir mão de vendedores, espaço físico preparado para receber compradores e o melhor é que, mesmo sem toda essa estrutura, seu comércio ficará aberto 24 horas por dia.

Marketplace: já pensou em aumentar a visibilidade dos seus produtos vendendo em uma grande loja de departamentos? Com um e-commerce você consegue. Uma das grandes vantagens de se vender em plataformas de marketplace é a oportunidade de colocar seus produtos em uma vitrine famosa. Além de possibilitar um aumento nas vendas, você venderá para um público mais diversificado.

Ecommerce x Loja física

Ter uma loja física não exclui a necessidade de um e-commerce; os dois podem e devem se complementar. Um exemplo claro disso são lojas como Casas Bahia, Magazine Luiza e tantas outras de porte menor que vendem pela internet e também em suas lojas físicas — que, além de fazerem parte do comércio tradicional, também funcionam como centrais de operações do e-commerce.

As vendas pela internet permitem que as empresas aumentem a demanda de lojas físicas. Também é possível trabalhar exclusivamente com o comércio eletrônico, dispensando os gastos com o estabelecimento físico.

Ao estabelecer qual será seu modelo de negócios, é importante conhecer bem as características de cada um.

ECOMMERCE

LOJA FÍSICA

Plataformas para criar ecommerce

VTEX

VTEX é uma plataforma de e-commerce que oferece estrutura e suporte para cadastro de produtos, integração nativa com marketplace, incorporação de meios de pagamentos, frete e ERPs, e outros serviços.

A plataforma VTEX possui área para configuração de SEO e otimização do ecommerce no google, newsletters, cupom de desconto, compre junto e outras funcionalidades.

Além disso, essa plataforma de e-commerce oferece diversos módulos de promoção, garantia de estabilidade e escalabilidade.

A VTEX possui mais de 1.500 lojas virtuais de pequeno, médio e grande portes em 16 países. Dentre elas, podemos destacar Walmart, Disney, Sony, Boticário e Coca-Cola.

Saiba tudo sobre VTEX: Segurança , Marketing, Pagamento, Frete, Integração, Design Personalizado.

Magento

A plataforma Magento possui código aberto (open source), o que permite o cadastramento de produtos e criação de funcionalidades de acordo com a necessidade do lojista; ou seja, trata-se de uma ferramenta de e-commerce totalmente customizável.

Além das operações, também é possível a criação de layout personalizado.

Essa plataforma de ecommerce é desenvolvida em PHP e possui arquitetura modular independente. Também há estrutura para a instalação de plugins, que agregam ferramentas úteis ao seu comércio eletrônico, o que ajuda a aprimorar a experiência do usuário.

Saiba tudo sobre Magento: Segurança , Marketing, Pagamento, Frete, Integração, SEO, Design Personalizado.

Marketplace

O marketplace vem ganhando cada vez mais espaço no e-commerce brasileiro, principalmente por desempenhar um papel importante no fortalecimento de lojistas de pequeno porte.

O que é Marketplace?

Pode-se definir marketplace como um e-commerce colaborativo. Grandes lojas online, como B2W, Walmart, Magazine Luiza e outros, possuem dois níveis de acesso, um para comerciantes que colocam seus produtos para vender online e outro para o público em geral.

O consumidor tem a possibilidade de comprar mercadorias de diferentes segmentos em um único lugar e pode até encontrar o mesmo artigo a preços diferentes, tendo a possibilidade fazer uma pesquisa de mercado no próprio site.

Esse modelo de venda online funciona como um shopping center do comércio eletrônico, sendo vantajoso tanto para o lojista (que precisa de visibilidade) quanto para o operador do marketplace — que aumenta seu catálogo, podendo atender uma demanda maior de público e receber comissionamento.

Integração Marketplace

Gostou da ideia de vender produtos online em gigantes do e-commerce?

Para ter o seu ecommerce vendendo em marketplaces é preciso fazer a integração por meio de hubs ou do sistema da própria plataforma de e-commerce. A VTEX, por exemplo, possui integração nativa.

Hubs de integração: Hub2b, SkyHub, Plugg.To