E-commerce fatura mais que Shoppings Centers

No Brasil, o crescimento geral de vendas feitas pela internet em 2010 supera expectativas, segundo a e-bit este ano o aumento de vendas será cerca de 40% maior em relação a 2009. Isto é um grande estimulo aos empresários que queiram investir no setor, hoje vender pela internet passou a ser o principal meio de vendas das empresas e, muitas utilizam o e-commerce como complemento de suas vendas em loja física.

Crescimento no Comércio Eletrônico

Um fator para que esse crescimento aconteça é o fato de os consumidores estarem mais seguros para realizarem suas compras, eles pesquisam e a maioria já sabe como realizar uma compra segura. Fatores como Selos de Segurança e a empresa disponibilizar todos os seus dados no site influenciam diretamente para que os internautas realizem suas compras.

Durante o 2° Congresso de Crimes Eletrônicos e Formas de Prevenção foi divulgado que o faturamento das lojas virtuais supera as vendas dos shoppings centers da Grande São Paulo. Nos primeiros sete meses de 2010, o comércio eletrônico brasileiro faturou cerca de 7,8 bilhões de reais, enquanto toda a rede de shoppings centers desta região não conseguiu superar esse valor.

Fatos como esse acontecem porque o consumidor brasileiro já encontra no e-commerce uma forma rápida, tranquila e segura para realizar suas compras desde eletrônicos, livros, brinquedos até as compras do supermercado. A loja virtual tem a vantagem de o consumidor poder escolher seus produtos em seu ambiente de trabalho, na rua ou no conforto de sua casa, facilitando principalmente porque a correria do dia-a-dia muitas vezes não deixa tempo hábil para ir à lojas ou supermercados, enfrentando trânsito, filas nos caixas ou atendimento insatisfatório. No e-commerce o consumidor escolhe os produtos no tempo que desejar, possui todas as informações técnicas e o produto chega a sua residência em segurança e sem que tenha que se deslocar para buscá-lo.

As estimativas da e-bit indicam que o comércio eletrônico deve fechar o ano de 2010 com um faturamento de cerca de R$14,3 bilhões, uma expansão de 35% em relação ao ano anterior. Ou seja, o e-commerce é uma ótima opção aos empresários que queiram aumentar seu faturamento, pois não exige grandes investimentos para abrir seu negócio online.

Veja como montar seu comércio eletrônico, clicando aqui.

@luzpropriaweb

traderush bonusstockpair withdrawal

  • Share post