--> Sites de compras coletivas: clubes de compras e compras colaborativas - Luz Própria Blog | Blog Luz Própria

Sites de compras coletivas: clubes de compras e compras colaborativas

Os sites de compra coletiva ainda são novidade no Brasil, chegaram com força no início do ano passado e, estão sendo muito bem aceitos pela população brasileira. Todo cliente gosta de descontos não é mesmo? Principalmente quando eles podem chegar a 70% e não é preciso entrar em nenhuma fila para garantir seu produto.

Redes sociais geram o maior tráfego para sites de compras coletivas

Essa nova modalidade de comércio eletrônico faz muito sucesso nas grandes capitais brasileiras, pois em alguns minutos é possível pedir o almoço, marcar o cabeleireiro e comprar um pacote de massagens, por exemplo, e tudo isso com preços incríveis. Ideal para o dia a dia cheio de tarefas e que não resta tempo para encontrar os melhores lugares para realizar as compras.

Essa oportunidade de negócio vem aquecendo o varejo digital já que possibilita maior poder de negociação com a indústria fornecedora. Além disso, propagar promoções via e-mail marketing e redes sociais funcionam muito bem para atingir o público desta nova modalidade de e-commerce.

Neste meio existem dois grupos: clubes de compras e compras colaborativas. Enquanto o primeiro cresce gradativamente desde abril de 2009, o segundo começou a crescer em maio deste ano, mas apresentou um crescimento surpreendente de 4.300%.

Clubes de Compras

Este grupo de sites tem as lojas online com os maiores descontos em seus produtos – até 70%, e vendem mais vestuário do que outros produtos. Para ter acesso a esses sites é preciso ter um cadastro no site ou ser convidado por um membro, são sites privados onde as ofertas só aparecem aos cadastrados. Por isso a denominação CLUBE.

Nessa categoria, o e-mail se mostra o principal responsável pela origem das visitas (30,55%). As ferramentas de busca geram 14,02%, outros sites de varejo de roupas 12,89% e as redes sociais 12,67%.

Compras Colaborativas

Nestes sites conta com ofertas de diversos anunciantes, que podem ir de restaurantes à clinicas de beleza e cinemas, mas todos com ofertas bastante agradáveis aos olhos do cliente. A força deste grupo vem da necessidade de conseguir uma quantidade mínima de compradores para que a compra se concretize realmente.

Nesta modalidade, as redes sociais são o principal meio que gera visitas a esses sites, com 14,80%. Em seguida, sites de busca 13,87% e sites de vídeo e multimídia com 10,59%. Portanto, o foco nas redes sociais são fundamentais para disseminar a ideia de compras nestes sites.

O mercado online é bastante inteligente e muda muito rapidamente, e os sites de comércio eletrônico precisam acompanhar essas mudanças. Essa é a nova oportunidade de mercado, mas pode surgir uma agora mesmo enquanto você lê este artigo. Fique atento, novidades sempre surgem e se transformam em oportunidades de negócio.

  • Share post

Por Redação Luz Própria

A redação Luz Própria é formado pelas áreas de performance, planejamento, SEO e desenvolvimento.
Todos colaboram para que você tenha um conteúdo especializado e útil.